Menu

Blog

Notícias, novidades e dicas de galla!

adobe-voco-come-modificare-le-registrazioni-audio-e1478704718373

Protejo VoCo promete fazer seu locutor falar o que ele não disse!

“Já revolucionamos a edição de fotos, agora é hora de fazer o material de áudio” disse Zeyu Jin da Adobe durante a conferencia Adobe Max. Essa conferência apresentou várias novidades da empresa e uma delas foi o VoCo que promete funcionar como um photshop de áudio.

O projeto tem algumas ferramentas já conhecidas pela maioria do público como gate (cancelamento de ruído), ferramentas para edição e coisas que já encontramos em outros aplicativos do gênero. Mas uma coisa fez com que o VoCo se tornasse inovador: O projeto será capaz de modificar falas já gravadas pelo locutor! Bizarro, não?!

O texto gravado pelo locutor vai gerar um arquivo de texto que poderá ser modicado, ter palavras trocadas ou até mesmo invertidas dentro de uma frase. Ou seja, aquele sonho de trocar uma palavra no texto depois que o locutor foi embora enfim pode tornar-se realidade.

O VoCo precisa de pelo menos 20 minutos de áudio capturado, depois disso ele reconhece o timbre, intensidade e volume, e então você poderá mudar a gravação a partir de um editor de texto dentro do aplicativo. Simples assim: você digita e o algorítimo faz o resto levando você a crer que o narrador original disse as palavras que você escreveu.

Ainda não sabemos se o VoCo será um programa assim como o Adobe Audition ou se será um plugin que poderá ser carregado em outras DAWS.

Se isso parece ser uma verdadeira maravilha da revolução criada pela Adobe, de outro lado o projeto vem recebendo muitas criticas.

O aplicativo está chamando a atenção também nas questões éticas: alguns especialistas afirmam que a Adobe ignorou este ponto para a criação da ferramenta uma vez que o programa pode colocar palavras na boca de figuras públicas.

O Dr. Eddy Borges Rey, professor de mídia e tecnologia da Universidade de Stirling disse à BBC: “Parece que os programadores da Adobe foram arrastados pela emoção de criar algo tão inovador como um manipulador de voz, e ignoraram os dilemas éticos de mau uso potencial”.

Segundo ele, “Isso complica a vida de advogados, jornalistas e outros profissionais que utilizam meios digitais como prova”.
A Adobe afirmou que está ciente dos problemas que podem ser gerados e garantiu desenvolver maneiras de transformar o aplicativo em uma plataforma livre de desonestidades.

Abaixo o video de apresentação do VoCo:

(Para ver com a legenda em português clique em definições/legendas/português)

E você o que achou do VoCo? Comente!

Gleyson Lage
Galla Produções